2 de fev de 2014

Porto-seguro


Eu nunca tive um porto-seguro. Tipo, alguém pra quem eu pudesse ligar às três da manhã porque fiquei acordada na cama e cheguei a conclusão que estava tudo ferrado e eu sem noção do que fazer, alguém que fosse me socorrer sem nem perguntar o que aconteceu ou que me entendesse só de me olhar nos olhos. Alguém que eu pudesse abraçar e sentir como se tudo, todos aqueles problemas sumissem apenas por estar em contato com a pessoa.... Pensando bem, eu tinha um... a muito tempo, ele era meu amigo porem ele era tudo isso pra mim, mas eu não percebi na época que era tão importante assim, então eu o perdi.  As vezes gosto de lembrar da época em que eu era ingenua, pois assim posso lembrar desse porto-seguro, de como tudo era simples e eu não notava, assim consigo me lembrar de todas as vezes que consegui acalmar toda onda de confusão que estava dentro de mim apenas com um abraço... Ultimamente venho me perguntando o porque de eu vim notar isso agora, talvez porque eu o tenha perdido, pelo menos perdido da forma que o tinha antes, já que eu era tão ingenua para notar meu porto seguro sempre ao meu lado, porque depois desse tempo eu me dei conta disso? Eu não sei se preferia continuar pensando que nunca tive alguém que me protegesse tanto assim ou pensar que tive tudo isso e perdi apenas por besteiras minhas... eu o perdi por nada... Perdi o meu porto-seguro e sei que não vou te-lo novamente, e agora estou assim... perdida dentro de mim


                                                          Autora: Gabryella Alvino

2 comentários:

  1. lindo o post! amei :DDDD
    www.uphomedecor.com

    ResponderExcluir
  2. Anww *-* Fico feliz em saber....
    Seguindo teu blog adorei *-*

    ResponderExcluir