22 de jun de 2015

Entrevista: Carol Porto

1- Quem é a verdadeira Carol Porto? Fala um pouquinho sobre ti.
Sou uma verdadeira mutante, assim como o próprio nome do meu blog diz. Intensa, romântica, sonhadora e muitas vezes até um pouco dramática kk. Porém também sei ser fria quando quero, realista e dependendo do que a pessoa me fez, demoro a perdoar. Gosto de mudanças quando acredito que elas vão me fazer bem. Também sempre fui muito ligada às artes no geral, além de ter a música no sangue. Sou extremamente ciumenta, mas graças a Deus consigo me controlar e não demonstrar tanto. Procuro sempre ajudar as pessoas em volta, mesmo que não seja recíproco. Taurina, me identifico completamente com as qualidades e defeitos do meu signo. Tenho o estilo discreto e mais sóbrio, pois não suporto roupas muito extravagantes ou ousadas demais. Me apaixono muito fácil também, mas quando eu esqueço.. é definitivo.

2- O que te fez pensar em criar o Mutações Faiscantes?
Bom, eu sempre fui uma pessoa muito quieta, mas de personalidade forte. Então eu adorava expor as minhas opiniões sempre que surgisse a oportunidade, sendo que alguns me achavam meio grossa, outros já gostavam da sinceridade e acabavam se transformando em amigos. O objetivo no começo do blog era justamente esse: expor opiniões sobre o dia-a-dia, principalmente com coisas relacionadas à mídia, já que desde muito cedo eu sempre quis trabalhar com Comunicação. Com o início da faculdade comecei a publicar minhas reportagens feitas em aula e hoje meu blog é totalmente pessoal.

3- Um hobby? Um sonho?
Tenho vários hobbys além do blog rs. Eu escrevo poemas, toco violão, teclado, canto, adoro sair com o pessoal, vou à igreja, viajo sempre que dá para São Paulo, tento jogar alguns games online ou na casa de amigos, treino alguns makes no tempo livre também, brinco muito com meu cachorro, leio bastante e assisto muitas séries também. Um sonho: fazer uma volta ao mundo! SÉRIO! Morro de vontade e ainda creio que vou realizar se Deus quiser haha.

4- O que você acha mais complicado dentro da sua rotina de blogueira?
O tal do “bloqueio criativo”. Isso é o que definitivamente me trava porque apesar de escrever poemas e tudo mais, eu não sou tão criativa para decidir sobre o que exatamente escrever para meus leitores. Isso me quebra! Aí prefiro ficar sem fazer posts do que fazer posts que ninguém vai ler. Eu tenho que estar inspirada, senão o texto não saí mesmo. Outra coisa que acho muito chato é o tal “sigo de volta” quando eu não pedi kkkk.

5- Qual a melhor coisa que já aconteceu com o Mutações Faiscantes desde o inicio?
Definitivamente é o reconhecimento. Meu blog só começou a ser mais conhecido em 2014 quando eu voltei a postar com mais frequência e assim as pessoas começaram a ler mais, amigos que nem sabiam que eu tinha blog vieram me elogiar pessoalmente, fora os encontrinhos que tive a chance de participar e a galera que vem no meu facebook me agradecer por alguns posts. Isso pra mim não tem preço que pague! rs.

6- O que você deseja para seu futuro e o futuro do Mutações Faiscantes?
Eu espero que consiga viajar muito ainda, porque essa é uma paixão absurda que tenho, visitar a praia mais vezes, ser feliz na minha profissão (seja como maquiadora ou jornalista), casar blablabla ter filhos haha, além de sempre manter meus amigos e família por perto. Em relação ao blog, espero que continue agradando aos leitores, nunca perdendo esse ar mais “pessoal” e sinceramente? Espero que eu consiga fazer vlogs e algumas tags em vídeo logo, assim acredito que o blog ficará mais interativo ainda.

7- Imaginou que o seu blog seria tão querido como ele é hoje? Que teria tantos leitores que te adoram e amam o Mutações Faiscantes?
Nossa obrigada haha, mas não, eu nunca esperava esse retorno tão gostoso com os leitores. O intuito do blog nunca foi ser famoso sabe e sim de ajudar quem precisasse ou simplesmente debater algum tema, mas me sinto muito feliz com essa aceitação boa que o blog tem, visto que muitos leitores acabam se tornando meus amigos depois que visitam o blog rs.

8- Deixa um recadinho para os leitores aqui do Maluco Sentimento.
Gente, eu espero que vocês tenham gostado da entrevista, me perdoem se falei alguma besteira haha e queria agradecer muito a Gaby por essa chance de conversar com vocês e falar um pouquinho de mim, além de que será sempre um prazer receber vocês no meu cantinho também. Obrigada por tudo mesmo, sem vocês o Mutações com certeza não existiria! Mil beijos e até a próxima ;*


Nenhum comentário:

Postar um comentário