20 de jun de 2015

Uma Breve Despedida


As coisas nem sempre são como queremos não é? A vida é complicada e como você mesmo disse ela é assim repleta de obstáculos a cada dia, a cada minuto, ela é feita de provações para provar se você é forte o suficiente para algumas coisas ou não, e realmente você esta certo. A vida te testa todos os dias mais isso não significa que você ganhe ou perca algo, tudo acrescenta, tudo é experiencia, eu vou sentir falta de você, do seu jeito comigo, da sua atenção, do seu amor, vou sim vou sentir falta disso e muito mais, mas quero que entenda meus motivos, meus receios e meus medos, você me conhece mais que muitas pessoas então saiba que em questão de sentimentos nada mudou e sim apenas acrescentou, mais a vida é cheia de obstáculos e provações e em algumas delas eu não fui forte o bastante para tentar de novo, e de novo. Lembro-me do seu receio relacionado aos meus textos, medo de eu escrever para um outro alguém ou coisas assim, agora não  tenha mais medo e saiba que aqueles textos que eu sempre sinto vontade de escrever vão ser sobre você, antes que eu esqueça quero que saiba que meu coração palpita ao me lembrar de nossos momentos, momentos que nunca irei esquecer sinto lhe informar. Somos jovens, jovens demais e apesar da dor, e do sofrimento que ela trás acredite meu bem vamos seguir em frente, pode até demorar mais vai acontecer, eu fui a melhor pessoa que pude por você, por nós, se em algum momento lhe fiz algum mal te peço perdão pois nunca foi minha intenção. Peço desculpas por não ser tão forte quanto você para tentar mais, mas eu não peço desculpas por sem quem eu sou, por ter motivos que tive, não peço desculpas por ter sido sincera quanto aos meus sentimentos. Eu li uma frase do Fred Elbonique que achei adequada para a situação: 'É muito fácil ser carga. Um barco precisa do leme, que nos guia e norteia. Precisa do motor, que nos dá força e, sobretudo, nos faz seguir em frente. Precisa da carcaça, que nos carrega e aguenta todo o peso necessário para a viagem. Um barco precisa da ajuda de vários componentes para seguir em frente, então, repito: é muito fácil ser carga'. Pois é, é muito fácil ser carga, eu não era mais passei a ser a carga da minha propia vida entende? Eu não quero ser cargar eu quero poder ser meu propio leme, meu propio motor sabe? Apenas sentirei saudade, talvez esse não seja o primeiro nem ultimo texto dedicado a você, em todos vai ter um pedaçinho de você e um pouquinho do que eu sinto por ti, isso não é uma despedida eterna muito menos um adeus, é apenas uma despedida temporária, apenas um até logo.

                                                       Autora: Gabryella Alvino




Nenhum comentário:

Postar um comentário