15 de mai de 2014

Bagunça de calmaria


Eu adoro esses esbarrões que a vida nos da sabe? Como hoje por exemplo, reencontrei você por um acaso, em uma noite de chuva,naquele mesmo local, na mesma rua, coisa de filme né? Nem tanto, se fosse como filme as coisas terminariam bem no final o que não é o nosso caso concorda? Já faz três anos, pois é passou rápido, já se foram três anos sem nós dois, mais por mim tudo bem até. Não que eu não sinta saudades, pelo contrario pois essa tal de saudade veio e nunca mais foi embora, eu sinto falta não do nosso antigo "nós", mais sim falta de como eramos juntos.... Confuso não? É difícil explicar o quanto você ainda me tira sorrisos apenas com um olhar disfarçado, e é mais difícil ainda explicar o quanto eu ainda te quero e ao mesmo tempo te reprimo na minha mente, incrível como o ser humano pode amar, desejar alguém e ao mesmo tempo consegue querer que esse mesmo alguém siga sua vida o mais distante possível, é exatamente assim que me sinto em relação a você. Não te quero mais pra mim, não quero mais reviver coisas que provavelmente não dariam certo novamente, mas ao mesmo tempo te quero mais e mais, quero aquela bagunça novamente na minha vida, aquela bagunça que só você e apenas você consegue causar, sabe né? Aquela bagunça de calmaria, aquela confusão monótona. Pois é acho que você é mesmo aquela coisa de "primeiro amor" pra mim, e acho que talvez seja sempre você, provavelmente sempre vou lembrar de você e de como eu me sentia e sinto quando se trata de você, lembrar de como é bom essa sensação de paz que você me traz.

                                                               Escritora: Gabryella Alvino

4 comentários:

  1. Adorei, você tem muito talento! ♥
    http://dedodemenina.blogspot.com.br/2014/04/sorteio-destrua-este-diario.html

    ResponderExcluir
  2. Nesses últimos meses que ando lendo seus textos e vendo seu blog vejo que você escreve com tanto carinho , que esse sentimento " positivo " acaba chegando em nós leitoras.
    Você escreve essas palavras tão contraditórias com tanta verdade que acaba fazendo com que nós leitoras, entendamos perfeitamente o que cada frase quer dizer.
    Obrigada pelas suas palavras de conforto !

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nossa, você não sabe como isso me deixa feliz viu... Andava meio desanimada com a vida ultimamente mal vinha escrevendo, e em ler o seu comentário e o das outras meninas em outros textos fez meu animo voltar, minha auto estima subir de novo. Eu fico muito feliz em poder ajudar vocês em apenas escrever o que eu sinto e o que eu venho passando. Obrigada por me acompanhar aqui no blog, e por deixar sua marquinha aqui comentando, pois saiba que os comentários são de muita importância pra mim, pois assim eu sei que estou escrevendo e conseguindo me comunicar com vocês expressando meus sentimentos <3

      Excluir