28 de jun de 2014

Labirinto


Ando meio perdida, acho que perdida nas minhas propiás reflexões e lembranças, recentemente meu coração vem ficando cada vez mais angustiado, essa confusão se é que se pode chamar assim, anda tomando conta de mim por inteira aos pouquinho sabe? Acabei me perdendo dentro de um labirinto de lembranças e sentimentos, e não consigo mais encontrar a saída, e todas as vezes que procuro uma porta ou uma janela que seja para poder fujir desse labirinto de angustias acabo me perdendo mais e mais, então por um momento me veio a cabeça que a coisa mais sensata a se fazer é ficar aqui quieta, sentar em algum lugar desse labirinto e permanecer ali até que uma porta se abra, cansei de correr para encontrar uma saída, cansei de me perder cada vez mais, então talvez seja melhor permanecer aqui sentada, ou esquecida em algum local esperando uma oportunidade. Quando tive essa ideia achei que ela foce a coisa mais sensata a se fazer, mais hoje notei que ficar parada em um lugar esperando uma saída, esperando uma solução não vai me ajudar em nada, pois soluções não aparecem do nada, para encontrar a saída de um problema temos que fazer acontecer, no meu caso tenho que continuar correndo, continuar andando mesmo que eu tenha a impressão que estou cada vez mais perdida, pois quanto mais eu procurar eu vou estar mais perto de uma saída, ficar parada nesse labirinto é que não vai me levar a lugar algum, pelo contrario só vai fazer eu ficar cada vez mais acostumada a toda essa angustia, a todas essas lembranças e costume é uma das piores coisas que se pode acontecer. Então eu decidi que por mais perdida que eu esteja, que por mais vazia que eu esteja eu vou continuar procurando uma saída, e eu vou encontrar porque como diz a música  "Quem acredita sempre alcança", correto? Pois é, eu acredito que por mais perdida que eu esteja em tudo isso, eu vou me levantar, erguer minha cabeça e sair dessa confusão.

                                                                        Escritora: Gabryella Alvino

Nenhum comentário:

Postar um comentário