2 de ago de 2014

Resenha: O oceano no fim do caminho




Autor: Neil Gaiman
Editora: Intrínseca 
Páginas: 208                                                                                                        Sinopse

Foi há quarenta anos, agora ele lembra muito bem. Quando os tempos ficaram difíceis e os pais decidiram que o quarto do alto da escada, que antes era dele, passaria a receber hóspedes. Ele só tinha sete anos. Um dos inquilinos foi o minerador de opala. O homem que certa noite roubou o carro da família e, ali dentro, parado num caminho deserto, cometeu suicídio. O homem cujo ato desesperado despertou forças que jamais deveriam ter sido perturbadas. Forças que não são deste mundo. Um horror primordial, sem controle, que foi libertado e passou a tomar os sonhos e a realidade das pessoas, inclusive os do menino. Ele sabia que os adultos não conseguiriam — e não deveriam — compreender os eventos que se desdobravam tão perto de casa. Sua família, ingenuamente envolvida e usada na batalha, estava em perigo, e somente o menino era capaz de perceber isso. A responsabilidade inescapável de defender seus entes queridos fez com que ele recorresse à única salvação possível: as três mulheres que moravam no fim do caminho. O lugar onde ele viu seu primeiro oceano. 

                                                                                                                                             Resenha
  Bom meus amores, essa obra de Neil Gaiman esta na minha lista de livros para comprar desde que foi lançado e nunca tive oportunidade para comprar, e a dois dias tive uma surpresa acabei ganhando ele de presente, e chegou pelo correio e eu não resisti e tive que começar a ler logo depois de abrir a embalagem né? Minha intenção era de ler uns três capítulos por dia, mas como sempre, aconteceu que quando me dei conta a estava acabando de ler o livro. Não vou falar muitos detalhes pois do jeito que eu sou vou acabar dando spoiler rs'. Como vocês viram na sinopse o livro narra a historia de infância de um homem de meia idade, que volta a cidade que passou sua infância para um enterro, e ao vagar pela cidade acaba indo em direção a fazenda da sua velha amiga, que ficava no fim da estrada perto de um lago que sua amiga chamava de "oceano", ao chegar lá acabou lembrando de sua infância na época dos seus sete anos, ele lembra-se de coisas que para qualquer um se julgam coisas impossíveis de existir. Bom meus amores, o que mais me encantou no livro foi a inocência do protagonista e a amizade entre ele e a Lettie Hempstock, vocês podem estar se perguntando de o porque eu não falar o nome do protagonista, bom pelo simples fato de que ele e sua família não possuem nomes na obra, e essa é uma das coisas que mais nos envolve na historia, pelo fato que assim conseguimos e geramos uma sensação maior de "imersão" na historia, pois sem nomes rotulados conseguimos nos imaginar no lugar desse garotinho, o autor Neil Gaiman conseguiu narrar esta "fabula" fazendo com que a gente ou se imagine no lugar do protagonista ou que fiquemos querendo a todo momento ajuda-lo e isso foi uma das coisas que mais me fez amar o livro. Outro detalhe importante que eu não poderia esquecer é a fabulosa capa, ela realmente encanta a qualquer um, e sobre o titulo no inicio achei que ele não teria muto haver com a historia, porem eu estava completamente enganada, ou seja, não tenho nenhuma critica ruim a declarar sobre essa magnifica fabula além de que ela é emocionante, assustadora e completamente envolvente, então eu super recomento. Quem já leu deixe sua opinião sobre o que achou do livro nos comentários, e quem ainda não leu, deixe sua opinião sobre minha resenha e claro não deixe de ler "O oceano no fim do caminho" para se encantar por essa historia. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário