18 de jan de 2015

Meu medo

Eu já não sei mais qual o motivo das minhas lágrimas, talvez já tenha se tornado um vicio chorar sempre que estou sozinha ou a qualquer momento que bate uma pontinha de vazio, eu só não sei qual o problema comigo, queria entender porque de ser assim tão problemática, é meio que, sei la, ser viciada em chorar não é algo normal. Normal, engraçado já nem sei mais o que é isso, as vezes repito essa palavra varias vezes no meu dia, na minha semana e sei lá não é algo que se pareça com como eu realmente sou. Talvez seja por isso que todos os meus relacionamentos nunca duram, seja ele namoro, amizade, ou etc, talvez porque eu seja diferente de mais, complicada e problemática de mais para aturar. Não sei explicar, é difícil dizer certas coisas que se passam na minha cabeça, e também do que adianta eu falar se eu sei que as pessoas não vão entender e simplesmente vão ouvir por educação e nem vão da atenção, ou vão dizer aquilo que eu já sei, que eu sou problemática mais isso não é algo que eu goste de ouvir sabe? Eu não sei mais demonstrar o que eu sinto, talvez isso seja  um dos motivos dessa confusão toda, ou a confusão é o motivo disso, enfim.

Não da mais, toda vez que tento conversar sobre isso acabo misturando outros assuntos e minha cabeça vira uma bagunça tornando conversar sobre esse vicio ou esse problema mais e mais difícil. Acho que o mais duro de aguentar isso tudo é o fato de nenhuma pessoa perceber o quanto você precisa de ajuda, nem  mesmo a pessoa que você mais quer que note, eu tenho medo também de falar tudo isso e acabar me sentindo fraca de uma forma diferente, como posso explicar.... Bom eu não me sinto como se fosse muito forte, mas as pessoas acham que eu sou e se eu falar tudo isso eu tenho medo das pessoas não me verem mais como alguém forte, ou um ponto de apoio quando as coisas ficarem difíceis, tenho medo de ser olhada de uma forma diferente pelas pessoas que eu amo e talvez seja esse medo todo que me impeça de realmente mandar embora essa tristeza que mora em mim, mas o que eu posso fazer?
 Eu tenho medo mesmo, tenho medo de ser olhada com pena, eu tenho medo de me acharem problemática, eu tenho medo que não me entendam e me achem mais problemática ainda, eu tenho medo de não ser o ponto de apoio das pessoas que amo, mais sabe qual o problema? Eu também preciso de um ponto de apoio. Eu quero me sentir amada, eu não consigo mais sentir isso, eu sei que tem pessoas que me amam, mas eu não consigo sentir, eu só quero me sentir completa porque é tão difícil?.

                                                           Escritora: Gabryella Alvino

Nenhum comentário:

Postar um comentário