31 de ago de 2015

No Fundo do Armário


Ser feliz deveria ser tão fácil né? Deveria ser a coisa mais pratica do mundo, mais acaba sendo a coisa mais complicada para a gente conseguir, sempre acabamos estando incompletos de alguma forma ou pelo menos com uma sensação de vazio. Se eu sou feliz? Sim, pelo menos em partes dos momentos, e nos outros? Bom nos outros eu sou triste, ou me sinto sozinha em excesso, a realidade é que pro ser humano nunca está bom aos 100% com o que já tem, sempre falta alguma coisa seja alguém, um objeto, uma viagem, até mesmo algo que você quer comprar mais não dá, tudo faz com que o ser humano em algum momento não se sinta bem com tudo que ele já tem, é da nossa natureza né? Não, particularmente acho que todos nós nascemos para ser feliz, mais fazer o que se a vida é mais complicada do que deve né?  Não sei se é só comigo, mais sempre quando estou nesse momento de solidão sempre acabo pensando em tudo, e quando digo tudo quero dizer em como minha vida é, em como ela poderia ter sido se eu tivesse feito escolhas diferentes, ou simplesmente paro para lembrar de coisas que não devem ser lembradas, e por fim pensar nessas coisas quase nunca melhora a situação, eu li em algum lugar que ser humano gosta de sofrer, á quem discorde a quem concorde, no meu ponto de vista é a pura realidade afinal quando nos estamos sozinhos fazemos questão de pensar em coisas que sabemos que só vai piorar a situação, batemos na mesma tecla mesmo sabendo que aquilo uma hora vai machucar. Em algum momento da vida fazemos questão de gostar de alguém que não vale a pena, e juro que eu não acredito nessa de "ninguém manda no coração", eu acredito que se você quer você esquece uma pessoa mesmo se ela for a pessoa mais especial que você já se envolveu, se você realmente quer, você esquece, o nosso problema é que não queremos nós sempre deixamos uma partezinha dessa pessoa dentro da gente, algo que sabemos que quando estivermos sozinhos um dia podemos correr pras lembranças dessa pessoa novamente, ao meu ver gostar de alguém e não querer esquecer é a mesmo coisa de fazer a faxina em casa, você joga algumas coisas fora mais no fim sempre tem algo que você desiste de jogar fora e esconde la no fundo do armário pra ser esquecido mais sempre vai ta ali, pra qualquer momento você ir lá. Podem me julgar, mas esse é o meu ponto de vista, e eu já passei por isso, ainda passo porém estou tentando fazer uma faxina bem feita nesse meu coração bagunçado porque eu realmente quero e preciso disso, e eu te digo se você realmente sofre por alguém por favor pense em você, se ame mais porque não a nada, tipo NADA melhor do que você olhar pra tudo isso e falar eu sou melhor que tudo isso, eu não preciso tá assim, tente realmente e queira esquecer porque não adianta você falar que vai tentar e simplesmente fazer questão de vasculhar toda a vida da pessoa, não se engane mais se ame mais, pare de adiar essa faxina que você precisa fazer e seja feliz.
                               Escritora: Gabryella Alvino
Tou participando de um projeto super fofo que a Eduarda criou meus amores, tem vários blogs participando eu vou deixar os links aqui em baixo.Visite todos os textos do projeto a baixo ta todos os links dos blogs que estão participando! 
"Escritores não são aqueles que apenas tem livros publicados, escritores são aqueles que escrevem com sentimentos, você que tem folhas e folhas escritas por ai você também é um escritor!"
                                                         - Eduarda Silva

Nenhum comentário:

Postar um comentário