20 de dez de 2015

É Difícil Entender Essa Bagunça

Quantas vezes a gente se esquece do que realmente é importante? Quantas vezes a gente se perde na nossa procura de encontrar a felicidade? As vezes eu não sei quantas vezes mais da pra tentar, eu tento e quanto mais eu tento parece que maior é o vazio, maior é a procura constante, de vez em quando da pra chegar a conclusão que quanto mais a gente tenta mais a gente se perde, e ficar perdido em nós mesmos é uma das piores coisas que pode acontecer, principalmente se isso se repetir varias e varias vezes. O silencio da mente as vezes é uma das poucas escapatórias desse loucura que me rodeia, o silencio da mente liberta alma, ultimamente minha mente anda mais bagunçada que a minha vida, eu sou naturalmente controladora e um pouco perfeccionista, gosto de deixar tudo no seu devido lugar, porém  ultimamente não ando conseguindo colocar nem o meu quarto em ordem imagina minha vida?

As vezes me pego pensando como as pessoas me veem, parece besteira? Até que sim, mas eu nunca sei o que as pessoas acham de mim exatamente, algumas vezes eu noto o fato que pra algumas pessoas eu sou estranha demais, pra outras minhas qualidades sobrepõem os meus defeitos, pra outros meus defeitos são a unica coisa que eu tenho ou pelo menos demonstro. Tem pessoas que querem me modificar, outras dizem que me conhecem melhor que eu mesma o fato é que eu conheço minhas falhas e meus defeitos melhor do que qualquer pessoa, e não adianta querer me mudar, não adianta querer impor o que é certo ou não em mim, o que é estranho ou não, pois é o meu jeito, nada vai mudar o fato de que eu sou realmente chata, as vezes estranha, o fato que quase sempre demonstro carinho de uma forma meio bruta, nada e ninguém vai mudar o fato que eu não sou boa demonstrando e falando o que eu sinto. Nada vai mudar o fato de eu odiar que me modifiquem, assim como nada mudará o fato que eu amo que se importem comigo.

Eu sei realmente que eu sou uma pessoa difícil de lhe dar, tenho grandes defeitos, e além de tudo ainda sou incrivelmente solitária e amo essa minha solidão. Sou uma pessoa complicada por amar minha solidão e odiar estar sozinha? Eu realmente não sei dizer, eu sei que eu mesma não me entendo as vezes e  deve ser complicado para outras pessoas me entenderem e lidarem com toda essa mudança, com toda essa bagunça, as vezes eu me pergunto se é pedir demais por alguém que me entenda sem cobrar nada.  Eu queria estar ali por mim de novo, queria conseguir me encontrar sozinha como eu sempre fiz, é difícil estar sozinha, na verdade estar sozinha é insuportável, porém não ha mais ninguém que eu queira estar ou que queira estar comigo além de mim.
                                   Escritora: Gabryella Alvino

4 comentários:

  1. Parece que eu estava escrevendo, pois me descrevo e sindo da mesma forma.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico feliz em saber que minhas palavras e meus sentimentos conseguem se identificar com outras pessoas.
      É complicado essa bagunça dentro da gente né? :/

      Excluir